Acusado de planejar ataque de ransomware contra a Tesla alega inocência

Acusado de planejar ataque de ransomware contra a Tesla alega inocência

O russo Egor Igorevich Kriuchkov, acusado de planejar um ataque de ransomware contra a “gigafbrica” da Teslaem Nevada, nos EUA, alegou inocncia perante um juiz federal durante uma audincia nesta quinta-feira.

Kriuchkov foi formalmente acusado de “conspirar para intencionalmente causar danos a um computador protegido”, e respondeu com convico: “Eu no sou culpado”. No incio do julgamento ele afirmou que queria “passar por todo o processo o mais rpido possvel”, e que o governo russo “j estava ciente do caso”.

De acordo com a denncia, Kriuchkov viajou aos EUA em julho e contatou um funcionrio da Tesla fluente em russo, que no cidado dos EUA, com uma proposta de US$ 500 mil (R$ 2,7 milhes) para instalar malware nos computadores da empresa. Em contatos posteriores, a oferta subiu para US$ 1 milho (R$ 5,5 milhes).

Kriuchkov planejava extrair informaes valiosas, como segredos de mercado, da rede da Tesla, e ameaaria public-las se um resgate no fosse pago. O funcionrio, entretanto, imediatamente informou Tesla sobre o esquema. A empresa contatou o FBI, que instruiu o funcionrio a continuar a negociao sob superviso de seus agentes.

Em 19 de agosto o funcionrio convenceu Kriuchkov a pagar um sinal de US$ 11 mil (quase R$ 61 mil). Dois dias depois, ele informou ao russo que o plano teria de ser “adiado”. Suspeitando de algo errado, Kriuchkov decidiu sair do pas e dirigiu de Reno, em Nevada, at Los Angeles, na Califrnia, onde foi preso em 22 de agosto.

Aps a audincia, a juza Carla Baldwin ordenou que o homem permanea sob custdia at o julgamento do caso, marcado para 1 de Dezembro. A data, entretanto, pode ser adiada.

Fonte: Teslarati


malware espionagem Tesla Russia ransomware gigafbrica

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *