Agência dos EUA considera criar foguete térmico nuclear para missões lunares

Agência dos EUA considera criar foguete térmico nuclear para missões lunares

Recentemente, a Agncia de Projetos de Pesquisa Avanada de Defesa (Darpa) assinou um contrato de US$ 14 milhes para desenvolver e testar um sistema de propulso espacial trmica nuclear. De acordo com o Space, o conceito bastante simples: um reator de bordo gera o calor, que ento empurrado atravs de um bico para produzir o empuxo necessrio para impulsionar o foguete.

O contrato, que foi assinado entre a Darpa e uma empresa chamada Gryphon Technologies, tem como objetivo apoiar o programa Foguete de Demonstrao para Operaes Cislunares geis da agncia. Trata-se de um projeto que investiga se as temperaturas extremas produzidas por reaes nucleares podem ser usadas como sistema de propulso para misses lunares.

“Um sistema de propulso espacial trmica nuclear demonstrado com sucesso fornecer um salto frente na capacidade de propulso espacial, permitindo um trnsito gil por grandes distncias em comparao com as abordagens de propulso atuais”, disse Tabitha Dodsons, engenheira-chefe da Gryphon.

Reprodu

Foguete com propulso espacial trmica nuclearpoder ser usado para diminuir o tempo de viagens ao espao. Foto:Sergey Nivens/ Shutterstock

Segundo a Darpa, um sistema do tipo pode oferecer at dez mil vezes a razo empuxo-peso se comparado com a propulso eltricae de duas a cinco vezes a eficincia da propulso qumica. Com isso, a agncia espera que os Estados Unidos acompanhem a “manuteno da conscincia do domnio espacial na rea cislunar”.

Ao que parece, a Nasatem planos semelhantes para impulsionar um foguete prprio dessa maneira. No ano passado, ao comentar a possibilidade, Jim Bridenstine, administrador da Nasa, disse que o sistema uma potencial “virada de jogo” para a agncia, com possibilidade de revolucionar as viagens espaciais e permitir eventuais assentamentos em Marte.

Via: Futurism


Tecnologia espao estados unidos Lua darpa espaonaves Cincia&Espao

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *