Astrônomos encontram um dos planetas mais quentes já descobertos

Astrônomos encontram um dos planetas mais quentes já descobertos

Um planeta com caractersticas bastante extremas acaba de ser revelado por astrnomos. Trata-se do exoplaneta chamado WASP-1189b, com temperatura na casa dos 3.200 C em sua superfcie, o suficiente para derreter todas as rochas e metais que possam ser encontrados.A descoberta foi publicada naAstronomy & Astrophysics.

OWASP-1189b bastante prximo de sua estrela, levando apenas 2,7 dias para completar uma volta. Com 1,6 vezes o tamanho de Jpiter, um de seus lados permanece em um eterno dia, enquanto o outro vive uma noite sem fim. “WASP-189b especialmente interessante porque um gigante gasoso que orbita muito perto de sua estrela hospedeira”, afirmou Monika Lendl, astrofsica da Universidade de Genebra, na Sua.

O exoplaneta est a uma distncia 20 vezes menor que a Terra est do Sol. A estrela em questo a HD 133112. Ela cerca de 2.000 C mais quente que o Sol e uma das que possui temperatura mais elevada a ter um sistema planetrio.

ReproduDetalhes do sistema WASP-189b. Foto: ESA

Como oWASP-189b foi descoberto

As descobertas foram feitas por meio do satlite de caracterizao de exoplanetas da Agncia Espacial Europeia (Cheops). Para encontrar o WASP-189b, foram usadas duas metodologias. Primeiro foi observado o momento em que ele passa por trs da estrela, chamado de ocultao. Depois, foi visto passando na frente dela. A partir dessas leituras, foi possvel descobrir a intensidade do brilho, a temperatura, o tamanho, a forma e as caractersticas orbitais do exoplaneta.

Com um tamanho parecido com o de Jpiter, apesar de muito mais prximo da estrela hospedeira e com temperatura muito mais elevada, o WASP-189b classificado como um Jpiter quente. Os pesquisadores esperam que as informaes coletadas ajudem a entender mais exoplanetas desse tipo. Uma das questes levantadas, por exemplo, que a rbita inclinada sugere que o planeta se formou mais distante de sua estrela e foi puxado para o local atual.

Alm disso, a descoberta mostra a eficcia do Cheops, sendo capaz de medir o brilho no espao profundo com um nvel de preciso impressionante. O satlite possui centenas de exoplanetas na fila de observao.

“As medies iniciais j mostram que o instrumento funciona melhor do que o esperado. Ele est nos permitindo aprender mais sobre esses planetas distantes”, destacou Heike Rauer, cientista planetrio do Instituto DLR de Pesquisa Planetria na Alemanha.

Via: Science Alert

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *