Cientistas descobrem que Betelgeuse está mais perto do que se pensava

Cientistas descobrem que Betelgeuse está mais perto do que se pensava

Por mais que cientistas do mundo todo saibam da existncia de Betelgeuse, ainda h muitos mistrios sobre a estrela que ainda no foram descobertos. No entanto, estatsticas recentes podem ter colocado uma luz sobre o tamanho e distncia da gigante vermelha.

De acordo com uma equipe de pesquisadores liderada por membros da Australian National University (ANU), “o tamanho fsico real de Betelgeuse tem sido um mistrio. Estudos anteriores sugerem que ela pode ser maior que a rbita de Jpiter. Mas nossos resultados indicam que a estrela apenas dois teros disso, com um raio de 750 vezes o do Sol”, disse Lszl Molnr, membro do Observatrio Konkoly na Hungria e um dos envolvidos na pesquisa.

Desde sua descoberta original, Betelgeusesempre foi um tanto difcil de mapear com preciso. Isso porque, ao contrrio do que se pensa quando dizemos que uma estrela, a gigante uma bolha pulsante com bordas difusas.

No passado, presumiu-se que a estrela estava a cerca de 180 anos-luz da Terra. Revises recentes aumentaram ainda mais essa distncia, levando-a para 724 anos-luz de distncia.

Reprodu

Especialistas descobriram que o raio de Betelgeuse 750 vezes o do Sol . Foto: Raymond Cassel/ Shutterstock

Esse nmero, junto de estudos complementares, apontou que a estrela se aproximava rapidamente de um estgio de vida em que teoricamente entraria em colapso e explodiria em uma bola brilhante que seria visvel a olho nu.

Um escurecimento inesperado da luminosidade da estrela fez com que os especialistas esperassem pelo fim. Porm, ao que parece, tudo no passou de nuvens de poeira que obscureceram a viso da Terra.

Proximidade

Agora, usando informaes coletadas antes do escurecimento de Betelgeuse, a equipe de pesquisadores desenvolveu modelos que mostram a possvel atividade da estrela, o que d uma noo do quo perto do fim ela realmente est.

“Est queimando hlio em seu ncleo no momento, o que significa que no est nem perto de explodir”, disse Meridith Joyce, astrofsica da ANU. “Poderamos prever uma exploso 100 mil anos antes que acontea”, completa.

Os resultados tambm permitiram que os pesquisadores deduzissem sua distncia. De acordo com os cientistas, Betelgeuse no pode estar a mais de 700 anos-luz de distncia. “Nossos resultados mostram que est a apenas 530 anos-luz de ns”, diz Molnr.

Com isso, descobrimos que a gigante vermelha est mais perto do que se pensava. Quando o colapso acontecer, ser uma exibio e tanto. Felizmente, apesar de ser observvel, no sentiremos o calor de sua radiaoquando o momento chegar.

Via: Science Alert

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *