Coronavírus: 10 boas notícias em meio à “epidemia de medo”

Coronavírus: 10 boas notícias em meio à “epidemia de medo”

Minimizar possíveis defeitos mas informar eu trago 10 Boas Barras atual até agora primeira boa notícia a gente sabe qual é o vírus o décimo dia do surto já havia sido identificada a sequência do Genoma do coronavirus os primeiros casos de AIDS por exemplo foram descritos em junho de 1981 e foram necessários mais de dois anos para identificar o vírus causador da doença o HIV necessita atual já sabemos que é um novo tipo de Corona vírus do grupo 2 B razão pela qual se chama saco av2 a doença é com 2019 Claro ouvir esse Chamas Askov 2 e a doença com 2019 as análises genéticas afirma que ela tem origem natural ou seja chegou os seres humanos entre o final de novembro e início de dezembro e que embora os vírus sofrem mutações a frequência de mutação dos vírus não é muito alto pelo menos por enquanto segunda não sabe como detectar o coronavirus desde 13 de Janeiro com base em informações divulgadas pela China governos e especialistas de todo todo mundo puderam desenvolver teste de laboratório Também passamos a adotar outras formas de Diagnóstico com análise Clínica feitas por médicos e exames de imagem de pulmão isso porque esse coronavirus afeta o pulmão de uma forma bastante peculiar e muitas vezes é visível o exame desse tipo 3ª boa notícia A situação está melhorando até agora as fotos medidas de controle solamentos imposta pelo governo parece que está gerando um Resultado positivo segundo as estatísticas oficiais há semanas o número divulgado de casos vem diminuindo a gente não sabe o que que vai acontecer quando essas medidas foram flexibilizados mas de certa forma a situação da China pode estar se encaminhando para representar uma seta luz no fim do túnel para outros países que agora quarta boa notícia oito em cada dez casos são leves a doença não causa sintomas e leve em 81% dos casos segundo um amplo estudo canal de pessoas na china é importante lembrar que grande parte dos infectados nem entra nos dados oficiais porque o diag existe sim um grande foco no número de mortes mas não podemos deixar de mencionar que a maioria a luta passa digamos assim sem arranhões pelo coronavirus como se fosse uma gripe leve em 14% dos pacientes diagnosticados coronavirus pode causar pneumonia grave em 5% pode se tornar bastante grave ou até fatal vamos lembrar que são 5% de um diagnóstico oficial Quando se considera que muito mais gente contrai o vírus mas não tem diagnóstico não apresenta sintomas não vai Hospital os efeitos graves aceitariam percentual bem menor de pessoas que é loucura Em geral os dados que circulam por aí são do aumento do número de casos confirmados o número de mortes Quantos países e a terra mas a maioria das pessoas infectadas é curada a 13 vezes mais pacientes curados do que mortos e a proporção tá só é bom lembrar isso no último vídeo que fizemos muita gente se perguntava se a doença tinha cura até agora não tem cura por meio de remédio que posso encurtar o período de infecção pelo vírus mas tem cura sim quando a gente considera que nosso sistema imunológico Natal vírus esse ciclo de infecção pelo vírus do momento sem ser depois de duas semanas não é como HIV que permanece no corpo e demanda um acompanhamento permanente sexta boa notícia O que é quase não afeta os mais jovens a mortalidade de pessoas com menos de 40 anos é de apenas 0,2% e segundo dados do estudo da China com mais de 44 mil pessoas elas crianças os sintomas tendem a ser leves e podem passar despercebidos e não levaram diagnóstico formal e assim entrar na conta de pessoas que estão doentes claro que é ser uma boa notícia que não pode tirar o foco de uma má notícia que a vulnerabilidade das pessoas mais velhas de risco para quase todas as doenças 7 uma boa notícia esse vírus é facilmente inativado isso pode ser feito com diversas Soluções em apenas um minuto produtos com álcool água oxigenada por exemplo segundo especialistas e autoridades A lavagem frequente das mãos com água e sabão é a medida mais eficaz de evitar o contágio lavar as mãos de 5 a 10 vezes por dia é uma jornada não lembrando que sempre que voltar da rua e depois de usar o transporte público é fundamental oitava boa notícia já existem mais de 150 artigos científicos é tempo de ciência e cooperação além de muitos outros lá em bancos de artigos que ainda não foram revisados por seus pares são trabalhos preliminares sobre vacinas tratamentos genética epidemiologia diagnóstico e aspectos clínicos esses artigos foram produzidos por quase 700 autores espalhados pelo planeta em 2003 quando as aconteceu por exemplo levou mais de um ano para obter menos da metade desse total de artigos no na boa notícia já existem protótipos de vacina nossa capacidade de projetar hoje está bastante avançada no caso do novo coronavirus existem mais de oito projetos em andamento existem grupos que trabalham em projetos de vacina com outros semelhantes e agora eles tem toda a apitar tudo para fazer um esforço acontecimento de Ray ela não pode aumentar o tempo desse desenvolvimento dessas vacinas são todos esses testes necessários como toxicidade e efeitos colaterais e segurança das pessoas tem vários anos mas vários protótipos já estão em curso e alguns deles já devem ser testados em Goiânia a boa notícia já existem mais de 80 ensaios clínicos com antivirais em curso as vacinas são preventivas Mas o importante agora são os possíveis tratamentos pessoas que estão doentes já existem mais de 80 tipos clínicos para analisar tratamento contra coronavirus são antivirais que foram usados em outras infecções já foram aprovados e sabemos que são seguros um dos que foram ao ser humanos é o Reino de zive um antiviral de amplo espectro ainda estudo que já foi testado contra bola e Messi outro candidato a cloroquina é um antimalárico que possui uma atividade antiviral está provado que este composto bloqueie o novo coronavirus in vitro e já está sendo usado em pacientes que tiveram pneumonia da vida coronavirus outros estudos são baseados no uso de anti soro de pessoas que já se recuperaram da doença por exemplo a teste também envolvendo novas terapias com substâncias selecionados mediante inteligência Artificial mas segundo especialistas hoje estão certamente bem mais preparados para enfrentar desafios desse tipo

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *