EUA libera relatório de práticas antitruste de empresas de tecnologia

EUA libera relatório de práticas antitruste de empresas de tecnologia

O Comit Judicirio do Congresso norte-americano liberou relatrio sobre prticas antitruste de grandes empresas de tecnologia do pas. O objetivo do estudo definir se aes tomadas pelas companhias feriram princpios de competitividade do mercado, o que tambm considerado um crime administrativo.

O congressista Val Demings (D-FL) descreveu os resultados do relatrio com preocupao. “Nossa investigao revelou um padro alarmante de prticas de negcios que degradam a concorrncia e sufocam a inovao. A competio deve recompensar a melhor ideia, e no a maior conta corporativa. Tomaremos as medidas necessrias para responsabilizar os violadores das regras. ”

Alm de descrever prticas desleais de concorrncia, o documento tambm sugere recomendaes de novas normativas e legislaes para o congresso. O objetivo seria tornar mais igualitrias as relaes de competitividade e de mercado entre companhias do ramo de tecnologia.

Reprodu

Grandes empresas de tecnologia se beneficiaram de prticas que ferem a livre concorrncia, afirma relatrio do Congresso americano. Foto: 400tmax/iStock

Passagens do relatrio comparam a atual situao do mercado de tecnologia e inovao com as oligarquias ferrovirias americanas, que inclusive motivaram a criao da legislao antrituste. “Para simplificar, as empresas que antes eram iniciantes desajeitadas e oprimidas que desafiavam o status quo, tornaram-se os tipos de monoplios que vimos pela ltima vez na era dos bares do petrleo e magnatas das ferrovias”.

Mudanas estruturais no mercado

Tambm foram destacados os efeitos colaterais de prticas agressivas de mercado na economia. “Ao controlar o acesso aos mercados, esses gigantes podem escolher vencedores e perdedores em toda a nossa economia. Eles no apenas exercem um tremendo poder, mas tambm abusam dele cobrando taxas exorbitantes, impondo termos contratuais opressores e extraindo dados valiosos das pessoas e empresas que dependem deles.”

Se acatadas pelo congresso norte-americano, as normativas podem significar uma severa mudana na forma que a indstria de tecnologia se estruturou e vem operando em todo o mundo. “Como existem hoje, Apple, Amazon, Google e Facebook possuem, cada um, um poder de mercado significativo sobre grandes reas de nossa economia. Nos ltimos anos, cada empresa expandiu e explorou seu poder de mercado de formas anticompetitivas,” afirmou o congressista Jerrold Nadler (D-NY).


Google privacidade congresso falha de privacidade

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *