Físico encontra uma forma de impedir paradoxos na viagem no tempo

Físico encontra uma forma de impedir paradoxos na viagem no tempo

Antes de mais nada, vamos deixar claro: viagens no tempo, com nossa tecnologia e conhecimento atual, no so possveis. Isso no impede os cientistas de elaborar teorias sobre como torn-las reais, ou tentar desenvolver solues para os problemas que o conceito apresenta, como o “paradoxo do vov”.

Quem j assistiu “De Volta para o Futuro” conhece o conceito: Marty McFly volta no tempo, para a dcada de 50, onde acidentalmente impede o primeiro encontro de seu pai e sua me. Com isso, corre o risco de “desaparecer” (representado por uma foto dele com sua famlia, onde vai sumindo aos poucos) e precisa consertar a linha do tempo e reunir seus pais antes que seja tarde demais.

Uma soluo proposta seria considerar um passado “imutvel”, onde o viajante de alguma forma impedido de realizar aes que possam resultar em um paradoxo, ou seja, no tem livre arbtrio. Um conceito difcil de aceitar, j que qualquer ao no passado poderia ter consequncias imprevistas no futuro.

Um estudante de fsica chamado Germain Tobar, da Universidade de Queensland, na Austrlia, publicou um artigo onde afirma ter chegado a um modelo matemtico que resolve o problema. Sem entrar em detalhes, segundo ele o espao-tempo pode se “adaptar” para evitar estes paradoxos.

O trabalho de Tobar foi supervisionado pelo Dr. Fabio Costa, da Universidade de Queensland. Segundo ele, os clculos podem ter consequncias “fascinantes” para a cincia. “A matemtica slida – e os resultados parecem coisa de fico cientfica”, disse o Dr. Costa.

“Digamos que voc tenha viajado no tempo, em uma tentativa de impedir que o paciente zero do COVID-19 seja exposto ao vrus”, disse Tobar. “No entanto, se voc impedisse que aquele indivduo fosse infectado, isso eliminaria a motivao para voc voltar e parar a pandemia em primeiro lugar”.

Com o novo modelo “voc pode tentar impedir que o paciente zero seja infectado, mas, ao faz-lo, voc pegar o vrus e se tornar o paciente zero, ou outra pessoa o faria”, disse Tobar. “No importa o que voc fizesse, os eventos importantes seriam apenas recalibrados ao seu redor”.

“Isso significaria que – independentemente das suas aes – a pandemia ocorreria, dando ao seu eu mais jovem a motivao para voltar atrs e det-la. “Por mais que tente criar um paradoxo, os acontecimentos sempre se ajustaro, para evitar qualquer inconsistncia”.

Segundo Tobar “a gama de processos matemticos que descobrimos mostra que a viagem no tempo como livre arbtrio logicamente possvel em nosso universo, sem qualquer paradoxo”.

Fonte: Universidade de Queensland

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *