Força espacial dos EUA não pretende enviar soldados ao espaço tão cedo

Força espacial dos EUA não pretende enviar soldados ao espaço tão cedo

Desde que a Fora Espacial dos EUA foi criada, em 20 de dezembro de 2019, persiste a dvida: “quando os primeiros soldados sero enviados ao espao?”. Infelizmente, para os fs de filmes como Tropas Estelares e Independendence Day: O Ressurgimento, a resposta oficial parece ser “no to cedo”.

Segundo o General de Brigada John Shaw, lder do Comando de Operaes Espaciais da Fora Espacial dos EUA, h dois motivos para isso. “Em primeiro lugar, o espao no muito habitvel pelos humanos. Sabemos disso desde os nossos primeiros dias por l. E o segundo que estamos ficando muito bons nessa coisa de mandar robs ao espao”.

“Os melhores robs j criados pela humanidade so provavelmente satlites – seja os que exploram outros planetas ou os que operam no sistema Terra/Lua. Satlites GPS podem estar entre eles. So mquinas incrveis, e estamos ficando cada vez melhores no aprendizado de mquina e inteligncia artificial. Vamos ter uma enorme quantidade de sistemas autnomos e automatizados operando nas rbitas terrestre, lunar e solar nos prximos anos, realizando atividades relacionadas segurana naciona”, disse.

Reprodu

X-37B, avio espacial desenvolvido pela Boeing e operado pela Fora Espacial dos EUA. Foto: Fora Area dos EUA

De fato, a Fora Espacial dos EUA no precisa de humanos para realizar suas atividades. Veculos como o X-37B so capazes de decolar, operar por anos em rbita como instrumento de vigilncia ou transportando satlites, e retornar Terra de forma completamente autnoma.

Ainda assim, Shaw acredita que a presena militar humana no espao inevitvel. “Em certo ponto, sim, iremos colocar humanos no espao”, diz Shaw. “Eles podero estar trabalhando em centros de comando em algum lugar na superfcie lunar, ou em algum outro local onde iro operar uma arquitetura que, talvez, seja principalmente autnoma”.

“Em algum momento isso vai acontecer”, diz Shaw. “Mas ningum pode dizer ao certo em que ano isso ir ocorrer”.

Fonte: C4ISRNET. Foto: Brian McGowanemUnsplash


Cincia&Espao espao space force militar tecnologia militar EUA

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *