Governo diz que vermífugo é eficaz contra Covid-19, mas não revela dados

Governo diz que vermífugo é eficaz contra Covid-19, mas não revela dados

O Ministrio da Cincia e Tecnologia e Inovaes (MCTI) anunciou em evento que os estudos que conduziu com o vermfugo nitazoxanida, conhecido pelo nome comercial Annita, conseguiu reduzir a carga viral em casos de Covid-19, o que poderia ter efeitos positivos no tratamento de doentes. No entanto, nenhum dado que sustente essa afirmao foi apresentado.

O ministro Marcos Pontes defendeu o sigilo sobre os dados afirmando que o artigo foi encaminhado a uma revista cientfica internacional, que exige o ineditismo do contedo para publicao. Apesar da afirmao, durante toda a pandemia, no faltaram pre-prints circulando abertamente antes de serem revisados e publicados em canais formais, o que permitiria a apresentao das informaes sem que elas deixem de ser inditas.

Durante a apresentao, Pontes explicou que a aplicao da nitazoxanida no combate Covid-19 no teria fins profilticos ou preventivos, mas sim para a utilizao nos primeiros sintomas, visando potencialmente evitar o desenvolvimento de uma forma grave da doena. Em entrevista ao programa de rdio A Voz do Brasil, o ministro ressaltou que foi percebida uma inibio da carga viral em 95%.

Sem dados, o governo apresentou apenas uma animao com um grfico apontando para baixo, supostamente para representar a reduo da carga viral. Pouco tempo aps o evento, foi descoberto que o vdeo era, na verdade, comprado do banco de imagens Shutterstock, e no tinha qualquer ligao com o estudo.

As pesquisas com a nitozaxanida patrocinadas pelo MCTI tiveram seu pontap inicial em abril. Na ocasio, Marcos Pontes havia anunciado que um medicamento havia demonstrado 94% de eficcia em testes in vitro para conter o coronavrus. Na poca, o ministro tentou manter o nome do medicamento em sigilo, para evitar a correria desenfreada para as farmcias e automedicao, como se viu com a hidroxicloroquina. No entanto, depois de um dia j se sabia a qual droga o ministro se referia.

Apesar da promessa de um resultado positivo da nitazoxanida pelo governo, j existem alguns estudos que apontam no sentido oposto. Estudos da USP divulgados em julho, por exemplo, rejeitaram tanto o medicamento quanto outro vermfugo, a ivermectina, que no apresentaram resultados satisfatrios em experimentos in vitro.

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *