Singapura substituirá passaportes por detecção facial e de íris

Singapura substituirá passaportes por detecção facial e de íris

Com a evoluo das tecnologias, espera-se que, em algum momento, as pessoas deixem de usar documentos fsicos. Isso no est to longe de acontecer, pelo menos para os residentes de Singapura.

A partir de 2022, os moradores do local no sero mais obrigados a mostrar o passaporte quando voltarem de outro pas. Um scannerser o responsvel por comparar o rosto das pessoas e o padro de ris com um registro correspondente no banco de dados da cidade.

Reprodu

Scanner de ris ser um dos mtodos de identificao usados. Foto: GeebShot/ Shutterstock

Caso essa digitalizao falhe, possvel que o reconhecimento seja feito por impresso digital, tambm cadastrada em um banco de dados. Essa iniciativa possvel porque, desde 2017, os cidados e residentes permanentes cadastraram sua biometria facial, ris e impresso digital quando foram solicitar um novo passaporte.

Atualmente, estima-se que 70% da populao de Singapuracom seis ou mais anos tenha um passaporte vlido e, consequentemente, tenha cadastrado suas informaes no banco de dados que possibilita esse reconhecimento.

A Home Team Science and Technology Agency, que colabora com as autoridades de Singapura para implementao da tecnologia, declarou que os padres de ris so os mais recomendados, j que tm um grau maior de variao e exclusividade em comparao com as impresses digitais, portanto, so “mais robustos e confiveis”.

Via: Boing Boing


Tecnologia reconhecimento facial aeroporto viagem singapura

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *