SpaceX irá substituir dois propulsores em sua próxima missão tripulada

SpaceX irá substituir dois propulsores em sua próxima missão tripulada

A SpaceX anunciou nesta quarta-feira (28) que ir substituir dois dos nove propulsores Merlin 1D usados no foguete Falcon 9 que lanar sua prxima misso tripulada ao espao, a Crew-1, em 14 de novembro.

A troca devido a uma anomalia detectada durante uma tentativa de lanamento de um satlite GPS para o governo dos EUA em 2 de outubro. Naquela data, sensores a bordo de outro Falcon 9 detectaram leituras “fora do normal” em dois propulsores, abortando a misso dois segundos antes da decolagem.

Segundo Hans Koenigsmann, vice-presidente encarregado de confiabilidade de voo na SpaceX, uma anlise posterior revelou que a falha foi causada por resduos de um “verniz protetor” que aplicado a partes sensveis dos propulsores durante um tratamento de anodizao anti-corrosiva.

A empresa responsvel pelo tratamento no removeu todo o verniz aps a concluso do processo, e parte dele bloqueou pequenos orifcios de ventilao, com 1,6 milmetros de dimetro, nas vlvulas de dois dos propulsores Merlin 1D usados no foguete.

Reprodu

Os nove propulsores Merlin 1D de um Falcon 9. Foto: SpaceX / CC-BY-NC 2.0

Aps uma anlise de outros propulsores tratados da mesma forma, a SpaceX detectou o problema em dois dos Merlin 1D que seriam usados no lanamento da Crew-1, e em um dos que seriam usados no lanamento do satlite de observao terrestre Sentinel-6 para o governo dos EUA, programado para 10 de novembro.

Por precauo, a SpaceX est substituindo os motores afetados por outros livres de resduos. Foi por este motivo que a empresa adiou o lanamento da Crew-1, que originalmente estava programado para este sbado.

Segundo Koenigsmann, a investigao resultou em “uma boa resoluo da anomalia que, em minha opinio, nos dar um melhor propulsor e melhor veculo”. O executivo afirma que a falha no era necessariamente grave, mas ela poderia causar uma “ignio dura” (hard start), causada pela injeo de fluidos como oxignio lquido e querosene nos propulsores na sequncia errada.

“Geralmente, isso chacoalha o motor, e pode causar um pouco de dano. Mas em casos extremos, pode causar danos maiores”, completou.

Fonte: Space.com


espao Estao Espacial spaceX misso espacial falcon 9 space x nave espacial Estao Espacial Internacional agncia espacial espaonave espaonaves Cincia&Espao explorao espacial viagem espacial

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *