Tesla detecta sabotagem em sua fábrica na Califórnia

Tesla detecta sabotagem em sua fábrica na Califórnia

A Tesla informou, em um e-mail interno a seus funcionrios, que encontrou um caso de sabotagem em sua fbrica em Fremont, na Califrnia. Segundo a Bloomberg Al Prescott, vice-presidente jurdico e consultor jurdico geral da Tesla, diz na mensagem:

“Duas semanas atrs, nossas equipes de TI e segurana da informao determinaram que um funcionrio havia sabotado uma parte da fbrica. Suas aes rpidas impediram maiores danos, e a produo j havia retornado ao normal algumas horas depois”.

Segundo Prescott o funcionrio, que no foi identificado, tentou “cobrir seus rastros, culpar um colega e destruir um computador da empresa. Por fim, aps ser confrontado com evidncia irrefutvel, o funcionrio confessou. Como consequncia, ele foi demitido”.

A natureza da sabotagem no foi informada. Ainda de acordo com o executivo, “temos tremenda confiana em nossos funcionrios e valorizamos as contribuies de todos. Entretanto, quaisquer que sejam as motivaes pessoais do culpado, estes so crimes, violaes de nosso cdigo de conduta e injustas com outros funcionrios”.

Reprodu

Fbrica da Tesla na Califrnia. Fonte: Tesla

O espio russo

Esta no a primeira vez que a Tesla sofre um ataque sua estrutura de produo. Em julho um russo identificado como Egor Igorevich Kriuchkov viajou aos EUA e contatou um funcionrio da Tesla com uma oferta de US$ 500 mil (que mais tarde subiu para US$ 1 milho) para que ele implantasse ransomware nos computadores da gigafbrica da empresa em Nevada, nos EUA.

O objetivo de Kriuchkov era roubar segredos industriais da Tesla e cobrar um resgate para que no fossem divulgados. Entretanto, o funcionrio contatou o departamento de recursos humanos da empresa, que por sua vez contatou o FBI. Kriuchkov foi preso em Los Angeles, quando se preparava para deixar os EUA. Em uma audincia em setembro, perante uma juza federal, ele alegou ser inocente.

Fonte: Electrek


Crimes digitais cibercrime Tesla crime ciberntico

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *