Vivo anuncia entrada em iniciativa de proteção à mulher no ambiente de trabalho

Vivo anuncia entrada em iniciativa de proteção à mulher no ambiente de trabalho

A operadora de telefonia Vivo anunciou a sua entrada Coalizo Empresarial pelo Fim da Violncia Contra Mulheres e Meninas, uma iniciativa fundada pela ONU Mulheres junto Avon para combater o assdio moral e sexual s mulheres dentro do ambiente corporativo. A unio da Vivo entidade parte do projeto “Vivo Diversidade”, lanado pela empresa em 2018 e que conta tambm com aes de conscientizao contra o preconceito ao pblico LGBTQIA+.

“Essa uma conversa de todos: homens e mulheres. Tratamos sobre o tema no incio do ano, mas agora ampliamos o alcance. Entendemos que preciso se posicionar quando se presencia algum tipo de violncia. Queremos estimular um ambiente seguro para que nossas colaboradoras se sintam dentro de um espao confivel para expressar posicionamentos e opinies. E, ainda, conscientizar as pessoas para que espalhem esse respeito s mulheres dentro e fora do ambiente corporativo”, comentou Niva Ribeiro, VP de Pessoas da Vivo.

Reprodu

A presena feminina no ambiente de trabalho aproximadamente a metade da fora ativa do Brasil. Foto: Travelpixs/Shutterstock

Alm de ingressar Coalizo, a Vivo tambm distribuiu aos seus gestores uma cartilha com orientaes de como receber denncias de assdio contra a mulher, bem como quais sinais se atentar quando h suspeita de que alguma colaboradora da empresa esteja sendo vtima de situaes do tipo. Finalmente, a empresa conta com o canal “Conte Comigo”, onde oferece atendimento psicolgico, social, psicopedaggico, jurdico e financeiro, atravs de parceiro especializado em sade emocional corporativa.

A Coalizo Empresarial pelo Fim da Violncia contra as Mulheres foi fundada em 29 de agosto de 2019, em uma cerimnia que reuniu mais de 100 representantes de empresas, que acompanharam a assinatura da carta que rege a misso da entidade. Alm da ONU Mulheres e da Avon, a Coalizo tambm tem o apoio da Fundao Dom Cabral e do Movimento Mulher 360. O seu principal objetivo o de engajar lderes de vrios setores a assegurar, voluntariamente, a proteo mulher dentro do ambiente corporativo.

Reprodu

O assdio mulher no trabalho ainda um dos principais problemas vistos no mercado brasileiro.Foto: Andrey_Popov/Shutterstock

Segundo dados divulgados pela Catho, Pnad Contnua e IBGE em maro de 2020, as mulheres correspondem a maior parte da populao fora da fora de trabalho (entre trabalhos formais e informais) em todas as regies do pas, o equivalente a 64,7% dos inativos na mdia nacional. Entre populao desempregada, elas tambm so maioria: 53,8%. O ndice de ocupao dos homens foi estimado em 65%, enquanto o das mulheres ficou em 46,2%.

“A coalizo tem o potencial de trazer o debate e aes concretas de preveno s violncias contra as mulheres para dentro das empresas, com um olhar que pode incluir no somente uma autoavaliao sobre as polticas empresariais de enfrentamento violncia e ao assdio no local de trabalho, mas tambm o investimento na transformao da cultura organizacional em busca de espaos mais seguros e equitativos para as mulheres”, disse, na ocasio da fundao, Ana Carolina Querino, representante da ONU Mulheres.

Fonte: Imprensa 24h / Catho / Movimento Mulher 360


Vivo Empresas mulheres assdio Fora de trabalho Mercado de Trabalho empresas de tecnologia trabalho LGBT LGBTQ+ assdio sexual mulher

GarotoProdigio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *